sábado, 19 de dezembro de 2015

Bookeando #03 - As Batidas Perdidas do Coração

Título: As Batidas Perdidas do Coração
Série: Batidas Perdidas #01
Autor: Bianca Briones
Ano: 2014
Editora: Verus
Nota:3,5/5

Sinopse: Viviane acaba de perder o pai. Com a mãe em depressão, ela se vê obrigada a assumir o controle da casa com o irmão mais novo. Rafael teve o pai assassinado há alguns anos e agora viu quatro pessoas de sua família, incluindo a única irmã, morrerem em um acidente de carro. 
  Viviane pertence a uma classe social que ele despreza. Rafael é tudo o que ela sempre ouviu que deveria evitar. Eles são opostos, porém dividem a mesma dor. Jamais se aproximariam se a morte não os colocasse frente a frente, e agora, por mais que saibam que são completamente errados um para o outro, não conseguem evitar uma intensa conexão, que poderá salvá-los ou condená-los para sempre. As batidas perdidas do coração é uma história sobre perdas e como cada um lida com elas. É o encontro atormentado entre a dor e o amor. Com uma narrativa sexy, envolvente e repleta de música, este livro traz a última tentativa de duas pessoas arruinadas que, juntas, buscam desesperadamente se encontrar.

************************************************************************************************************************************

E aí? Bora bookear?

O que me chamou a atenção foi o título “as batidas perdidas do coração”, assim que vi já sabia que se trataria de um romance tenso e complicado. Apesar de clichê tem seus altos e baixos, mas sem dúvida seu diferencial está em que cada capitulo há um trecho de uma música que expressa simplesmente tudo o que se trata no dado momento da história. Enquanto lia escutava as músicas, isso me fazia entrar e sentir tudo o que estava se passando no livro.

A história narra a vida de Vivian, patricinha e rica porém, rebelde. E Rafael um badboy que é o sonho de consume de garotas que preferem homens fortes, safados, rudes e com um empurrão sabem ser bem carinhosos. Mas o que os dois tem em comum além de uma atração forte é o sofrimento, ambos sofreram perdas e é essa dor que os aproximaram. Como dá para perceber de início os dois tem aquelas brigas. A família não apoia esse relacionamento e ela tem aquelas experiências com festas, sexo, bebidas e drogas. Contendo um drama muito intenso pra quem gosta do estilo.

De início, o livro nos prende até o momento em que eles já estão se dando bem a partir daí a leitura fica um tanto cansativa e repetitiva, acontece uma coisa ou outra contudo não muda o fato dele está perdendo aquela pegado do início do livro. Mas as partes finais são bem diferentes do que imaginei, apesar da autora ter jogado tudo muito rápido, sem dúvida são emocionantes e imprevisíveis. É sempre bom e reconfortante saber que existem bons autores brasileiros que não devem passar despercebidos

A explicação para o título vou até usar com alguma garota. Só lendo para entende-lo. É muito poético.

"- Rafael: Por mais incrível e maluco que possa parecer o que vou dizer agora, eu tenho sorte, porque neste mundo imenso, em meio a toda essa minha dor, eu te encontrei. Poderia ser muito pior sem você."

Capa do livro "O Que Há de Estranho em Mim"

  A Editora Arqueiro divulgou a capa do novo livro da Gayle Forman, intitulado "O Que Há de Estranho em Mim". O lançamento é previsto para janeiro de 2016.
   A editora ainda liberou um trecho do livro. Clique aqui para ler.
Sinopse:
Ao internar a filha numa clínica, o pai de Brit acredita que está ajudando a menina, mas a verdade é que o lugar só lhe faz mal. Aos 16 anos, ela se vê diante de um duvidoso método de terapia, que inclui xingar as outras jovens e dedurar as infrações alheias para ganhar a liberdade. 
Sem saber em quem confiar e determinada a não cooperar com os conselheiros, Brit se isola. Mas não fica sozinha por muito tempo. Logo outras garotas se unem a ela na resistência àquele modo de vida hostil. V, Bebe, Martha e Cassie se tornam seu oásis em meio ao deserto de opressão. 
Juntas, as cinco amigas vão em busca de uma forma de desafiar o sistema, mostrar ao mundo que não têm nada de desajustadas e dar fim ao suplício de viver numa instituição que as enlouquece.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Capa do Livro "Um Beijo Inesquecível"

  A Editora Arqueiro divulgou a capa do sétimo volume da série "Os Bridgertons", de Julia Quinn, intitulado "Um Beijo Inesquecível". O lançamento está previsto para janeiro de 2016.
Sinopse: Toda a alta sociedade concorda que não existe ninguém parecido com Hyacinth Bridgerton. Cruelmente inteligente e inesperadamente franca, ela já está em sua quarta temporada na vida social da elite, mas não consegue se impressionar com nenhum pretendente. 
Num recital, Hyacinth conhece o belo e atraente Gareth St. Clair, neto de sua amiga Lady Danbury. Para sua surpresa, apesar da fama de libertino, ele é capaz de manter uma conversa adequada com ela e, às vezes, até deixá-la sem fala e com um frio na barriga.
Porém Hyacinth resiste à sedução do famoso conquistador. Para ela, cada palavra pronunciada por Gareth é um desafio que deve ser respondido à altura. Por isso, quando ele aparece na casa de Lady Danbury com um misterioso diário da avó italiana, ela resolve traduzir o texto, que pode conter segredos decisivos para o futuro dele.
Nessa tarefa, primeiro os dois se veem debatendo traduções, depois trocando confidências, até, por fim, quebrarem as regras sociais. E, ao passar o tempo juntos, eles vão descobrir que as respostas que buscam se encontram um no outro... e que não há nada de tão simples – e de tão complicado – quanto um beijo.

A Série:

  

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Papeando #01 - Colunas do Blog

E aí? Bora papear?

  Esse é um novo marcador/coluna/tag do blog “Lido, Lendo, Relendo” e vai se tratar (como o próprio nome diz) de um papo que teremos todo mês com vocês, leitores, sobre algum determinado tema que nós cinéfilos/serimaníaco/livromaniácos, e o que tiver mais para sermos maníacos, gostamos.
    O tema escolhido deste mês foi... olha o título.
  “Aff. Que porcaria de tema”. Vocês devem estar pensando. Esse tema não foi escolhido por acaso, e sim porque nós gostaríamos de falar como é e como funcionará os marcadores/colunas/tags (não sei como podemos chamar isso) do blog. Há alguns deles que dispensam apresentações, mas devem ser apresentados.
   Bora começar?
Cinemando: resenhas sobre filmes.
Bookenado: resenhas sobre livros.
Papeando: acho que já explicamos lá em cima como funcionará.
Filmes vs. Livros: “quanta criatividade”. Eu sei, eu sei, mas não nos veio nada em mente, então ficou assim. Iremos resenhar sobre livros que viraram filmes (jura?) e fazer uma comparação entre eles (é mesmo?). Claro que o livro sempre será melhor que o filme. Ou não? Sempre existirá pontos negativos e positivos em ambos.  A coluna também serve para falar de filmes que sempre pensamos que fossem filmes, mas que, para nossa surpresa, já foram livros!
Resumo do Mês: no primeiro dia de cada mês faremos um breve resumo do que aconteceu no mês anterior em relação a nossa vida de bloguerio e quais resenhas de filmes e livros foram feitas.


   Temos ideias de outras colunas, mas essas só entrarão em modo ativo futuramente, esperamos que curtam nossas postagens. Até o próximo Papeando!


domingo, 6 de dezembro de 2015

Cinemando #4 - Ela é Demais

Ano: 1999
Gênero: Comédia Romântica
Diretor: Robert Iscove
Nacionalidade: EUA
Nota: 3/5
Música: Kiss Me - Sixpence None The Richer

Sinopse: Em uma escola secundária de Los Angeles, Zach Siler é o jovem mais popular. Ele namora Taylor Vaughan, uma rica esnobe que é bastante badalada. Quando Taylor dispensa Zach para ficar com Brock Hudson, um ator de televisão de terceira categoria, Zack aposta com um amigo que qualquer garota que ele namore se tornará a rainha do baile. A escolhida é Laney Boggs, que é estranha e inacessível, e Zack só tem seis semanas para conquistá-la e modificá-la. Esta tarefa se mostra bastante difícil mas gradativamente Zach se envolve com Laney, que agora se mostra muito mais bela.
   
E aí? Bora cinemar?

 Você fez uma aposta com seus amigos, conquistaria e transformaria a menina mais desajeitada da escola, mas acabou por se apaixonar por ela, e agora? Continuaria a aposta só para mostrar que é o cara?
  E vocês meninas, se descobrissem que fazem parte de uma aposta desse tipo, o que fariam? Ficaram com ele só porque ele é o Fred, do Scooby-Doo?
   Quando vi uma reportagem de que, “Ela é Demais”, uma comédia romântica da década de 90 - que eram e sempre serão as melhores do gênero -, fosse ganhar um remake corri para reassisitr esse clássico, ele me fazer voltar ao passado de quando eu tinha tempo para assistir Sessão da Tarde (Bons tempos...).
   Em “Ela é Demais” podemos rever Paul Walker e ver uma fase bem antiga do Freddie Prinze Jr. e da Anna Paquin.
   Em certas momentos o filme era tão maçante e monótono, alongavam cenas sem muita importância, era como se não soubessem o que colocar para completa-lo o que deixou a desejar um pouco da história.
  Um ponto muito ruim do filme é a presença do machismo, sugerindo que o caminho para a felicidade feminina passa pela maquiagem, salto alto e poder de sedução. Mesmo assim o filme passa um ensinamento, de que, qualquer menina pode ser “a rainha do seu próprio baile”.
   O final é um dos mais engraçados, pois não termina com o casalzinho se beijando, e sim com ele cumprindo a aposta, sem falar na música que é perfeita. A dúvida que fica no ar é: Será que ele se apaixonou por ela, porque mudou fisicamente ou porque ele a conheceu de verdade?

Trailer:

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Arqueiro publicará a trilogia "Inn Boonsboro"

  A Editora Arqueiro confirmou por meio do twitter ter adquirido os direitos da trilogia "Inn Boonsboro" da Nora Roberts, eles recentemente lançaram o último volume de uma outra trilogia da autora, "Primos O'Dwyer".
   A previsão é de que os livros sejam publicados em 2016.